FANDOM


O Estado Independente do Acre foi uma tentativa malsucedida de se estabelecer uma nação independente na fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia na virada do século XIX para o XX. O espanhol Luis Galvez fundou o Estado Independente do Acre em 1899 e proclamou-se imperador. Era interesse britânico que a região obtivesse autonomia, para desvincular a produção de borracha do protecionismo brasileiro. Em 1901, o governo boliviano (então detentor do território) contratou o grupo norte-americano Bolivian Syndicate para capturar e expulsar Galvez e seu "governo", estabelecido em Puerto Alonso (hoje Porto Acre). No ano seguinte, os interesses brasileiros na região foram defendidos por José Plácido de Castro, que ressuscitou o "império" de Galvez e estabeleceu sua capital em Xapuri. Castro era um fantoche enviado pelo Brasil e foi o pretexto usado por esse país para reivindicar à Bolívia a posse sobre o Acre. Sob o intermédio do Barão do Rio Branco, o Brasil comprou o território dos bolivianos por 2 milhões de libras esterlinas.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória